Homem que mora na Suécia chega a Barbacena para procurar a mãe biológica

Após ler matéria publicada no portal Cidade de Barbacena no início de dezembro, uma mulher ligou para a redação afirmando que pode ser a mãe de Anders Nilsson; um exame de DNA feito em BH poderá comprovar o parentesco

Anders Nilsson, de 42 anos, que mora em Helsingborg, na Suécia, com a mulher e três filhos, esteve em Barbacena esta semana à procura da mãe biológica. Ele chegou à cidade na terça-feira pela manhã com sua família para conhecer uma mulher de nome Ângela, que pode ser a sua mãe verdadeira.

O portal Cidade de Barbacena publicou matéria no dia 7 de dezembro passado, contando a história de Anders Nilsson. Ele nasceu em abril de 1975 numa casa para jovens mães em Barbacena. Na ocasião, sua mãe biológica tinha entre 15 e 16 anos. Talvez por ser muito nova e não ter condições de criar a criança resolveu entregá-la para adoção. Com dois dias de vida, Anders foi adotado por um casal dinamarquês e levado para a cidade de Pedro Leopoldo, em Minas Gerais, onde o casal morava e possuía uma fábrica. Poucos dias depois, os pais adotivos o levaram para a Dinamarca.

Ao ler a notícia, uma mulher de nome Ângela ligou para a redação do portal Cidade de Barbacena afirmando que a história coincidia com o que aconteceu com ela, e que poderia ser a mãe biológica de Anders. O portal passou para Ângela o contato das pessoas que estavam intermediando a vinda dele a Barbacena para que ela pudesse ligar e contar sua história.

Na manhã desta terça-feira, 2 de janeiro, Anders se encontrou com a suposta mãe num hotel em Barbacena. Ele e sua família conheceram Ângela, que possui outros seis filhos, cinco homens e uma mulher. Durante a conversa, com a ajuda de um intérprete – Anders não fala português -, os dois tiveram vários motivos para acreditar que realmente são mãe e filho.

Ainda na terça-feira, Anders e Ângela, acompanhados do intérprete foram de táxi para Belo Horizonte, onde se submeteram a um exame de DNA para terem certeza se são mesmo mãe e filho. Na matéria publicada em dezembro pelo portal CB, Anders disse que não tinha ideia de quem era sua mãe biológica e que sabia apenas que ela era muito jovem quando deu à luz. Ele afirmou ainda que eu sonho era conhecer a mãe verdadeira e que faria tudo para realizar este sonho.

O resultado do exame de DNA feito em Belo Horizonte deverá ser conhecido nesta sexta-feira. Caso seja comprovado o parentesco, Anders Nilsson terá seu sonho de conhecer a mãe biológica realizado.

Anders Nilsson com Ângela, a suposta mãe biológica; exame de DNA vai comprovar o parentesco (Foto: Carlos Henrique)
Total Page Visits: 2342 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *