Após recomendação do Ministério Público, prefeito de Barbacena recua e mantém a cidade na ‘onda roxa’

Carlos Du havia anunciado na sexta-feira que o município passaria para a ‘onda vermelha’ nesta segunda-feira, fase menos restritiva do programa Minas Consciente

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

O prefeito de Barbacena, Carlos Du, do MDB (foto), voltou atrás e emitiu uma nota afirmando que a cidade vai permanecer na onda roxa, a mais restritiva do programa Minas Consciente, que avalia a flexibilização da economia em relação à pandemia de Covid-19.

Carlos Du havia anunciado, através de um vídeo publicado nas redes sociais, que Barbacena avançaria para a onda vermelha nesta segunda-feira (12) – que é uma fase menos rigorosa – e que o comércio voltaria a abrir suas portas seguindo protocolos de segurança e várias restrições.

Na noite deste domingo (11), o prefeito publicou uma nota, também nas redes sociais, anunciando que a cidade vai permanecer na onda roxa, depois que o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recomendou que o município continuasse na fase mais restritiva do programa. Por não se tratar de uma determinação, Carlos Du poderia, se quisesse, manter a decisão de avançar para a onda vermelha, o que não foi o caso.

Na nota, o prefeito disse que vai dialogar com segmentos do setor econômico, da assistência hospitalar, com o Ministério Público e demais autoridades, no sentido de buscar uma definição que atenda a necessidade do momento.

Confira abaixo a nota publicada pelo prefeito Carlos Du.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *