Barbacena recebe a segunda remessa de vacinas contra o novo Coronavírus

Imunizantes da Coronavac e da AstraZeneca chegaram à cidade nesta segunda-feira

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

O município de Barbacena recebeu nesta segunda-feira (01), novas doses de vacinas contra o novo Coronavírus (Covid-19). De acordo com a Prefeitura, nesta segunda remessa, além de 3.820 imunizantes da Coronavac para aplicar a segunda dose nas pessoas já vacinadas na primeira remessa, a cidade recebeu ainda mais 150 doses da Coronavac e 1.410 da AstraZeneca (Oxford). Essas dois imunizantes são os únicos liberados até o momento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para uso emergencial no Brasil.

Com essa nova remessa de 5.380 vacinas, Barbacena contabiliza agora 9.200 imunizantes desde o início da vacinação no país. Até ontem, segunda-feira, 2.559 pessoas haviam recebido a primeira dose da Coronavac, que chegou à cidade no dia 19 de janeiro.

Uma reunião da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesap), realizada na última sexta-feira (29), alinhou questões relacionadas à vacinação. Segundo a Sesap, atualmente o público que está sendo vacinado é composto por trabalhadores da saúde (equipe de vacinação, equipes das ILPs, profissionais de saúde que atuam no atendimento de casos suspeitos ou confirmados Covid); pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência; pessoas a partir de 18 anos com deficiência em residência inclusiva.

A definição desse público, de acordo com a secretaria, é para dar continuidade ao atendimento dos serviços de saúde, além de proteger os grupos com maior risco de contaminação e desenvolvimento de forma grave da doença.

Seguimentos

Com essa nova distribuição, em conformidade com o número de doses recebidas, o município continuará a vacinação dos grupos prioritários para essa primeira fase, da seguinte forma:

1. Trabalhadores de hospitais (públicos e privados) que realizam atendimento Covid-19 – todos os trabalhadores da saúde, exceto setor administrativo;

2. Trabalhadores dos serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e equipes de remoção de pacientes com suspeita de Covid-19, exceto setor administrativo;

3. Trabalhadores dos serviços de atendimento hospitalar e pré-hospitalar de urgência e emergência (UPAS e PAs) – todos os trabalhadores de saúde, exceto setor administrativo;

4. Trabalhadores da área da saúde de laboratórios (públicos e privados) que realizam a coleta de amostra de Covid-19.

(Fonte: SESAP/PMB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *