CRISE NO ABASTECIMENTO – Todos os postos de Barbacena estão sem combustível

Supermercados também já começaram a registrar falta de produtos; ainda não há previsão da situação voltar ao normal

A greve dos caminhoneiros está completando uma semana nesta segunda-feira, 28, e o desabastecimento ainda continua por todo o país. Algumas cidades já estão recebendo combustível e outros produtos de primeira necessidade, mas este abastecimento é direcionado para os serviços essenciais, como viaturas policiais, SAMU, hospitais, dentre outros, e vem ocorrendo de forma lenta com os caminhões sendo escoltados pela polícia.

Em Barbacena nenhum posto de combustível está funcionando para abastecimento e não há previsão de voltar ao normal. A falta do produto comprometeu o funcionamento de serviços como coleta de lixo, ônibus urbanos, táxis, mototáxis e Uber. Todos esses serviços estão operando com número bem reduzido, exceto a coleta de lixo que está totalmente paralisada desde a última sexta-feira.

Em muitos supermercados também já pode ser percebida a falta de produtos e alguns estabelecimento estão praticando aumentaram abusivo de preço. Há registro também de falta de gás na cidade.

Vários caminhoneiros ainda ocupam a BR-040 na região de Barbacena, entre a Cabana da Mantiqueira e o anel rodoviário que liga a BRs 040 e 265. O movimento de grevistas diminuiu entre sábado e hoje, mas ainda é grande e, segundo os motoristas, não tem data para terminar.

A Prefeitura de Barbacena suspendeu as aulas na rede municipal de ensino nesta segunda-feira. As escolas estaduais e algumas particulares também estão sem funcionar e devem continuar assim até que a situação se regularize.

O presidente Temer anunciou na noite deste domingo, 27, algumas medidas que vêm atender as reivindicações dos caminhoneiros, entre elas a redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel por 60 dias e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios. Alguns caminhoneiros se mostraram satisfeitos com a proposta do governo e voltaram ao serviço, mas a grande maioria ainda insiste em manter a greve, porém sem impedir que os colegas que desistiram do movimento trabalhem.

Todos os postos de combustível de Barbacena estão fechados para abastecimento (Foto: Paulo Emílio)
Embora em número menor, ainda podem ser vistos muitos caminhões estacionados na região de Barbacena (Foto: Divulgação)
Total Page Visits: 1436 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *