GREVE DOS CAMINHONEIROS – Em Barbacena já são centenas de caminhões parados na BR-040

Movimento ganha adesão em todo o país e começa a causar desabastecimento

A greve dos caminhoneiros em protesto contra a alta no preço dos combustíveis entrou nesta quarta-feira no terceiro dia. Em todo o Brasil a paralisação atinge pelo menos 17 estados e o Distrito Federal. Além de rodovias federais e estaduais, outras vias importantes estão bloqueadas pelos caminhoneiros, que ocupam também a região de algumas refinarias, impedindo a saída de caminhões tanque.

Na região de Barbacena o protesto acontece no Km 699 da BR-040 (foto), entre a Cabana da Mantiqueira e o trevo do anel rodoviário, e vem aumentando a cada dia. Já são mais de 300 caminhoneiros parados neste trecho.

Em Minas Gerais os manifestantes estão espalhados por várias rodovias diferentes. As estradas mineiras ainda não chegaram a ser interrompidas totalmente pelos grevistas, mas em algumas rodovias federais do estado os caminhoneiros impedem a passagem de veículos de carga.

Os manifestantes querem a retirada de impostos sobre o óleo diesel, que teve nesta segunda-feira mais um aumento nas refinarias, de 0,97%, aplicados a partir de ontem, terça-feira. Com este já são seis reajustes desde a semana passada.

A Petrobrás afirma que os postos que decidem se as revisões podem refletir ou não no consumo final. A Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), declarou que o preço médio do diesel nas bombas acumula alta de 8% este ano, valor bem acima da inflação no mesmo período, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que é de 0,92%.

 

Desabastecimento

 

A greve dos caminhoneiros já começou a refletir em diversos pontos do país. A falta de combustível já pode ser percebida em postos de vários estados da Federação, inclusive em Minas Gerais. Já os alimentos registraram alta em algumas cidades, principalmente no Rio de Janeiro, devido à falta de abastecimento.

O movimento dos caminhoneiros vem aumentando a cada dia. São milhares de manifestantes que estão aderindo à greve. Grande parte da população também vem apoiando a paralisação, principalmente pelas redes sociais. O movimento não tem data para acabar e tudo indica que deve aumentar nos próximos dias.

Na BR-040, em Barbacena, o protesto vem aumentando a cada dia (Foto: Divulgação)
Total Page Visits: 1501 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *