TRADIÇÃO INTERROMPIDA – Bloco Recordar é Viver pode não participar do carnaval de 2018 em Barbacena

Dificuldade em firmar uma parceria com o Município pode deixar de fora um dos mais tradicionais blocos da cidade e frustrar milhares de foliões

O tradicional bloco Recordar é Viver, comandando pelo carnavalesco Ronaldo Braga, poderá não participar do carnaval de Barbacena este ano. O motivo, segundo os organizadores, é a dificuldade em firmar uma parceria com a Prefeitura para viabilizar o desfile. O bloco, que está completando duas décadas, é um dos mais esperados do carnaval barbacenense. Durante os últimos vinte anos milhares de foliões se reuniram nas tardes de sábado e de segunda-feira de carnaval, no bairro Boa Morte, para participar do desfile ou apenas assistir e ouvir as tradicionais marchinhas de carnaval, marca registrada do Recordar é Viver. Mas em 2018 estes foliões poderão amargar uma grande frustração, justamente no ano em que bloco comemora seus 20 anos.

Em conversa com o portal Cidade de Barbacena, o presidente do bloco, Ronaldo Braga, disse que não deverá haver o desfile porque as propostas de parceria da Prefeitura ainda não foram divulgadas e só deverão ser poucos dias antes do carnaval, o que inviabilizará totalmente o desfile por falta de verba. Braga afirmou que a organização do bloco consegue arrecadar, com vendas de camisas e alguns patrocinadores, cerca de 50% do necessário para colocar o Recordar é Viver na rua, e que a outra metade teria que vir através do Município, o que, segundo o carnavalesco, corre o risco de não acontecer em tempo hábil. No entanto, ele espera conseguir resolver este impasse numa reunião que deverá ocorrer ainda esta semana, mas adiantou que caso não haja um acordo de parceria o bloco não participará do carnaval de 2018.

Ronaldo Braga explicou que o contrato com a banda, a fabricação de carros alegóricos, confecção de camisas, dentre outras coisas, têm que ser resolvidos com antecedência e a verba tem que estar disponível, caso contrário não há tempo suficiente para que se possa realizar um desfile com a mesma qualidade dos anos anteriores. “Se isso tudo não for feito não tem como colocar o bloco na rua”, afirmou o carnavalesco.

A reportagem do portal CB tentou entrar em contato com a Prefeitura no final da tarde desta quarta-feira, 10, mas não conseguiu falar com ninguém. À noite, o subsecretário de Comunicação da Prefeitura, Reynaldo Freitas Oliveira, enviou mensagem à redação explicando que todos os blocos que desejarem participar do carnaval terão que se cadastrar para receber os recursos dentro das novas normas legais. “A Prefeitura está de portas abertas para atender a todos os blocos que desejam participar do carnaval. Basta que os mesmos se cadastrem para receber as subvenções dentro das novas normas legais impostas pelo Marco Regulatório”, afirmou o subsecretário. Freitas informou ainda que foi publicado no Diário Oficial do Município, no último dia 5, um chamamento oficial e que os responsáveis pelas agremiações carnavalescas podem se cadastrar como exige a legislação. “Só não vai desfilar quem não quiser ou quem não estiver regularmente documentado”, destacou o subsecretário de Comunicação da Prefeitura.

 

Tradição

 

O bloco Recordar é Viver foi fundado em 1998 e desde então nunca deixou de participar do carnaval barbacenense. É considerado atualmente o mais tradicional da cidade, uma vez que os outros blocos e as escolas de samba não vêm mantendo uma regularidade em seus desfiles. Aguardado anualmente por milhares de foliões, inclusive de outras cidades, o Recordar é Viver sempre reúne pessoas de todas as idades, incluindo crianças, num ambiente saudável e seguro, onde as marchinhas que marcaram os antigos carnavais dão o tom e garantem a festa. Caso o bloco não vá para as ruas, o carnaval de Barbacena este ano irá perder um dos seus principais pontos de referência.

Ronaldo Braga afirmou que não deverá haver o desfile porque as propostas de parceria da Prefeitura ainda não foram divulgadas e só deverão ser poucos dias antes do carnaval (Fotos: Arquivo-Jornal de Sábado)
Total Page Visits: 1823 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *