Ibertioga realiza evento em homenagem ao artista plástico Lourival Vargas

O ”Pintura Acústica” será um tributo ao pintor que viveu muitos anos em Barbacena

No próximo fim de semana, dias 19 e 20, o Centro de Convivência Manoel Otávio de Aquino, em Ibertioga, cidade que fica a cerca de 40 quilômetros de Barbacena, receberá o evento ”Pintura Acústica”, que homenageará o artista plástico ibertiogano Lourival Vargas (foto), falecido em 2008, que viveu durante muitos anos em Barbacena, onde ficou famoso por suas obras.

O ”Pintura Acústica” será um tributo ao artista e terá abertura às 13h30 de sábado, com a apresentação da Lira Santo Antônio. Logo após será iniciada a exposição das obras de Lourival Vargas. Durante o evento haverá apresentações musicais com Walmir Leporatti e Daniel Martins, além da banda ”Band of Tinahala” e músicos convidados. No domingo a exposição dos quadros do artista homenageado será aberta às 10 horas da manhã. A entrada será gratuita nos dois dias.

Quem foi Lourival Vargas

Lourival Barroso Vargas nasceu em Ibertioga-MG, aos 23 de agosto de 1952. Autodidata, destacou-se como pintor de temas sacros. Era autor de obras ecléticas, com temas como paisagens bucólicas e natureza, motivos esotéricos, abstratos, com diversas inspirações.

Lourival, que também era retratista, teve contato com a arte desde a infância, quando começou a desenvolver seu talento para o desenho e pintura. Possuía um traço característico, bem como o uso das cores, especialmente ao abordar a natureza em suas obras. A vista da Serra de Ibitipoca, a partir de Barbacena, era uma paisagem muito apreciada pelo artista, além das redondezas da terra natal – Ibertioga – e também a cidade de Barbacena – onde viveu por muitos anos – que eram temas recorrentes de suas obras. É relevante também sua visão do universo urbano e da sociedade, pois em várias telas o artista fez seu autorretrato demonstrando um sentimento de marginalização e incompreensão, como artista e pensador, em relação à sociedade falida e hipócrita em que viveu.

Uma das principais obras de Lourival Vargas e que o imortalizaram são os afrescos da Catedral de Ibertioga. A magnífica mão de Deus retratada mostra a mão calejada de um trabalhador. A inspiração se deu numa tarde ao deixar a catedral. Após dias pensando em como seria a mão divina, deparou com um lavrador sentado na calçada da praça e nesse momento ele percebeu que a mão do Criador deveria ser como aquela, calejada pelo trabalho árduo da grande criação do mundo. Pediu ao homem que deixasse que ele desenhasse sua mão. Ao se ver a obra pronta percebe-se como foi sensível e precisa a observação do artista. Algumas pessoas do círculo íntimo de Lourival emprestaram seus rostos para que ele compusesse as figuras ali retratadas como anjos e arcanjos. Essa obra foi um marco importante na sua carreira, e depois dela foi convidado para fazer a pintura do teto de capelas nas fazendas da região.

Lourival Vargas faleceu no dia 20 de novembro de 2008, aos 56 anos, em Barbacena, onde morava.

(Fonte: Wikipédia)

Lourival Vargas nasceu em Ibertioga e viveu muitos anos em Barbacena (Fotos: Arquivo-CB/Jornal de Sábado)
Total Page Visits: 1559 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *