TRAGÉDIA NA BR-040 – Família barbacenense morre em grave acidente próximo a Congonhas

Caminhão sem freio invadiu a contramão e bateu de frente no veículo onde estavam as vítimas

Um grave acidente ocorrido por volta das 14 horas deste sábado, 30, no Km 603 da BR-040, em Congonhas, matou quatro pessoas e deixou uma mulher gravemente ferida. Todas as vítimas eram de Barbacena e da mesma família.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um caminhão caçamba carregado com minério invadiu a contramão e atingiu violentamente o Hyundai HB20, onde estava a família barbacenense.

Morreram na hora o motorista do carro, Rafael Augusto Reis, os filhos Rafael Nogueira Reis, de 13 anos e Maria Fernanda Nogueira Reis, 6 anos, e a mãe de Rafael Augusto, Elcy da Silva Fiorino Reis, de aproximadamente 60 anos. O choque foi tão violento que destruiu completamente o Hyundai HB20. O pai das crianças foi ejetado para fora do veículo.

A esposa de Rafael Augusto e mãe das crianças, Bruna Nogueira Reis, 34 anos, que viajava no banco do carona, ficou gravemente ferida e foi resgatada por um helicóptero do Corpo de Bombeiros. Bruna foi encaminhada para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte, onde está internada no CTI. O hospital não passou informações, mas segundo os bombeiros que fizeram o resgate, o estado de saúde dela é considerado gravíssimo.

O casal era muito conhecido na região do Hospital Ibiapaba, em Barbacena, onde mantinha dois estabelecimentos comerciais: a Drogaria Medicar e a lanchonete Rafa Lanches.

O motorista do caminhão, de 51 anos, que não teve o nome revelado, disse às autoridades que perdeu os freios, invadiu a contramão e atingiu o veículo onde estava a família. Ele não teve ferimentos.

De acordo com a Via-040, concessionária que administra a rodovia, a carga do caminhão ficou espalhada na pista, que ficou fechada por mais de três horas.

Família está sendo velada na Associação Médica

Os corpos de Rafael Augusto Reis, de sua mãe Elcy Fiorino Reis, e dos filhos Rafael e Maria Fernanda estão sendo velados na Associação Médica, em Barbacena. O sepultamento da família será às 13 horas deste domingo, 31, no Cemitério da Boa Morte.

Rafael Augusto Reis e os filhos Rafael e Maria Fernanda morreram na hora; a esposa de Rafael e mãe das crianças, Bruna Nogueira Reis, ficou gravemente ferida e está internada no hospital João XXIII, em Belo Horizonte (Foto: Reprodução/WhatsApp)
A mãe de Rafael Augusto e avó dos meninos, Elcy da Silva Fiorino Reis, também morreu no acidente (Foto: Reprodução/WhastApp)
A única sobrevivente da família de Barbacena, Bruna Nogueira Reis, foi resgatada por um helicóptero do Corpo de Bombeiros (Foto: Corpo de Bombeiros)
O carro onde viajavam as vítimas ficou totalmente destruído (Foto: Corpo de Bombeiros)
O caminhão que causou o acidente também ficou completamente danificado (Foto: Corpo de Bombeiros)
A carga de minério se espalhou na pista (Foto: Corpo de Bombeiros)

Total Page Visits: 3669 - Today Page Visits: 2

4 comentários em “TRAGÉDIA NA BR-040 – Família barbacenense morre em grave acidente próximo a Congonhas

  • 01/04/2019 - 20:31 em 20:31
    Permalink

    Será que vai ser preciso a família de algum deputado, governador ou seja lá quem for, morrer para que as autoridades tomem providências para controlar a chacina que acontece nessas estradas?

    Resposta
  • 07/04/2019 - 23:41 em 23:41
    Permalink

    ATÉ QUANDO VAMOS ATURAR ESSAS CARRETAS ASSASSINAS NA 040?

    O GOVERNO TEM QUE DAR UM PRAZO PARA A GERDAL AÇOMINAS CONSTRUIR UMA ESTRADA PRIVATIVA OU UMA FERROVIA PARA ESCOAR A PRODUÇÃO DE SUA MINA E TIRAR ESTAS MALDITAS CARRETAS DA 040.

    SERÁ QUE NINGUEM SE TOCA? TEMOS QUE FAZER UMA CAMPANHA CONTRA ESSA MALDITA MINERAÇÃO DA GERDAU ANTES QUE MAIS E MAIS FAMÍLIAS INOCENTES CONTINUEM MORRENDO.

    Resposta
  • 08/04/2019 - 01:03 em 01:03
    Permalink

    Pois é! Enquanto o Governo não pegar pesado com estas mineradoras exigindo que escoem sua produção em vias próprias será a festa desses caminhoneiros. Ou melhor caminhoneiros não! Mais respeito com os caminhoneiros que transportam cargas por este país continental sofrendo com péssimas estradas sem falar nos assaltos. Estes merecem todo o nosso respeito. Não se comparam a esses “PUXADORES DE MINÉRIO” irresponsáveis que transitam em alta velocidade querendo dar o maior número de viagens por dia para faturarem mais e mais não respeitando ninguém que esteja em seu caminho. Passam até por cima da mãe para lucrar mais. Não é só barragem de rejeitos que mata não!

    Resposta
  • 16/04/2019 - 17:36 em 17:36
    Permalink

    Pois é, temos que fazer manifestações, abaixo assinados ou alguma outra coisa, principalmente aqueles que transitam sempre naquela estrada, é muito triste ver familias se desfazendo por causa dos acidentes. Temos que nos unir para que algo seja feito, isso nao pode continuar assim.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *