Morre aos 56 anos o jornalista e escritor Luiz Penna

Na década de 1990, Luiz Penna atuou em vários órgãos de imprensa de Barbacena e região

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

Morreu no início da manhã desta quarta-feira (09), em Barbacena, o jornalista e escritor Luiz Dias da Silva, mais conhecido como Luiz Penna ou, simplesmente, Peninha (foto). Ele tinha 56 anos e foi vítima de um infarto fulminante.

Além de jornalista e escritor, Luiz Penna era videomaker, radialista, projetista gráfico e ambientalista. Trabalhou em muitos órgãos de imprensa de Barbacena e região, inclusive no extinto Jornal de Sábado (hoje Portal Cidade de Barbacena), onde na década de 1990 publicou diversos artigos. Amante da literatura, o jornalista escreveu vários livros, sendo seu último o romance “O Diário Secreto de Nikola Tesla”, que ele mesmo dizia ser “uma história que vai além da imaginação”. 

Natural da cidade vizinha de Antônio Carlos, Luiz Penna fincou raízes em Barbacena no início dos anos 1990. Algum tempo depois mudou-se para Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, onde acompanhou sua esposa que servia como militar em uma base da Marinha. Lá, se dedicou mais à literatura. Há poucos meses, Luiz Penna voltou para Barbacena, onde pretendia iniciar novos projetos.

Até o momento não há informações sobre o velório e o sepultamento do jornalista e escritor. Além da esposa, Luiz Penna deixa um filho adolescente.

Total Page Visits: 366 - Today Page Visits: 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *