Acusados de tráfico que fugiram durante a operação ‘Delivery’, em Barbacena, são presos no Espírito Santo

Suspeitos foram detidos em Piúma na tarde desta terça-feira e foram levados para um perídio em Cachoeiro de Itapemirim

Cinco pessoas acusadas de tráfico de drogas que fugiram durante a operação ”Delivery”, realizada pela Polícia Civil (PC) no condomínio ‘Residencial Vertentes’, bairro Grogotó, em Barbacena, no dia 17 de setembro, foram presas na tarde desta terça-feira, 1º, no estado do Espírito Santo. A ação em Barbacena culminou com a prisão de onze suspeitos e outros cinco haviam fugido. A operação Delivery foi deflagrada em todo o estado de Minas Gerais e tem como objetivo combater o tráfico de drogas, armas e outros delitos.

Todos os suspeitos presos no Espírito Santo – três homens e duas mulheres – tinham mandado de prisão em aberto e foram abordados pela Polícia Militar (PM) em um Ford Fiesta, próximo à Ilha do Gambá, em Piúma, litoral sul do estado vizinho.

O delegado David Gomes Santana, da Polícia Civil de Piúma, recebeu informações do 13º Departamento de Polícia Civil de Barbacena, afirmado que a quadrilha estava foragida e poderia estar no Espírito Santo. Santana passou as informações para a Polícia Militar, que conseguiu interceptar os acusados na Ilha do Gambá nesta terça-feira. Nayara Cristina de Melo, de 23 anos; Monique da Silva Evangelista, 31; Dione da Silva Evangelista, 40; Marcelo Augusto do Nascimento, 26, e Leandro Afonso Mota, 40 anos, foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia de Piúma, e depois para o presídio Monte Líbano, em Cachoeiro de Itapemirim.

Segundo o delegado Santana, os bandidos estavam com um apartamento alugado na orla da praia da Cidade das Conchas há cerca de três dias. No local, a polícia apreendeu seis celulares e cerca de R$ 4 mil em dinheiro. Informações dão conta de que a quadrilha de Barbacena pretendia iniciar o tráfico de drogas naquela região.

Após ser presa, uma das acusadas, Monique da Silva Evangelista relatou à polícia que é de Barbacena e que estava foragida. Ao ser questionada sobre que ela e seus comparsas estavam fazendo em Piúma, ela respondeu, com tons de ironia, que eles estavam ”passeando, tirando férias”. Monique ainda parabenizou ironicamente a polícia do Espírito Santo e se referiu aos policiais mineiros com desprezo. ”Tá de Parabéns! Cento e trinta ‘policial’ não ‘fez‘ em Barbacena um sozinho fez aqui”, disse ela.

A Polícia Civil de Barbacena divulgou um vídeo (confira no final da matéria) onde o delegado responsável pelo caso, Saulo do Prado, ressaltou a parceria da PC dos dois estados na prisão dos cinco foragidos. Segundo Saulo, os prisioneiros deverão ser recambiados para Barbacena para que as investigações sejam concluídas e os autos encaminhados para a justiça.

Os cinco fugitivos de Barbacena durante a operação ”Delivery” foram presos em Piúma, no Espírito Santo (Foto: Divulgação/PM)
Total Page Visits: 1817 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *