Bomba caseira explode e fere idoso no Jardim Municipal

Imagens do circuito do Centro de Registro de Ocorrências Policiais, da PM, podem indicar quem colocou o artefato no local

Um idoso de 85 anos, de nome João, ficou ferido após ser atingido por estilhaços de um artefato que explodiu no largo da fonte luminosa, no Jardim Municipal, na Praça dos Andradas, em Barbacena, na tarde desta quinta-feira, 15. De acordo com a ocorrência da Polícia Militar (PM), os próprios militares que estavam próximo ao local ouviram o barulho da explosão, produzido por algum tipo de bomba caseira. Eles se dirigiram à fonte luminosa, onde já se aglomeravam muitas pessoas que também se assustaram com o barulho, e depararam com o idoso ferido, apresentando um corte no braço esquerdo.

Questionado sobre o que poderia ter acontecido, João respondeu que estava sentado próximo a uma árvore, distraído, quando repentinamente houve a explosão. Ele disse que não percebeu a presença de alguém que poderia ter deixado o explosivo no local. As pessoas que estavam no largo da fonte também afirmaram que não viram nenhum suspeito.

O idoso foi encaminhado para o Hospital Regional para ser medicado. Os militares entraram em contato com o filho dele, que se deslocou até à unidade hospitalar para prestar assistência ao pai.

 

Polícia tem um suspeito

 

Imagens registradas por câmeras do Centro de Registro de Ocorrências Policiais, instaladas próximo ao local da explosão poderão indicar quem colocou o artefato que assustou os transeuntes e feriu o idoso. Segundo a PM, com as imagens foi possível identificar um provável suspeito, que seria a única pessoa que esteve sentado próximo ao local onde o explosivo foi deixado, tendo ele saído dali pouco antes da explosão. Ainda de acordo com a polícia, o indivíduo seria do sexo masculino, moreno claro, estatura mediana, trajava camisa verde limão florescente, calça jeans escura e carregava uma caixa de papelão com aproximadamente 1,10 metros de comprimento por 20 centímetros de largura.

Segundo as imagens, o suspeito subiu a rua Amarílio Augusto de Paula, ao lado do Banco do Brasil, entrou naquela agência, na área dos caixas eletrônicos, e logo depois saiu e se dirigiu até o largo da fonte luminosa, que fica em frente ao banco, e se sentou no local onde o artefato foi detonado. Posteriormente, o suspeito deu a volta na praça e parou próximo ao ponto de táxi no lado oposto, defronte ao banco Bradesco, de onde só saiu após a explosão.

A PM solicitou as imagens da agência do Banco do Brasil e do ponto de táxi para tentar identificar mais precisamente o suspeito. No Centro de Registro de Ocorrências Policiais, as imagens captadas já estão disponíveis para investigação. Os vídeos mostram que o fato ocorreu entre 14h04min e 14h08min de ontem, quinta-feira, 15 de fevereiro. No Banco do Brasil, confirme o operador das câmeras, a imagem do suspeito com as características repassadas foi realmente captada pelo circuito interno, por volta das 13h45min.

Os militares apreenderam fragmentos do explosivo que ficaram espalhados no local. Segundo a PM, foram recolhidos estilhaços de metal e uma tampa de plástico com a descrição da marca Nestlé. O material será periciado por profissionais especializados.

João, de 85 anos, ficou ferido no braço após a explosão do artefato (Foto: Carlos Henrique)

      

 

Os fragmentos do explosivo ficaram espalhados no local e foram recolhidos para perícia (Fotos: Carlos Henrique)

Total Page Visits: 1624 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *