Dono de bar é assassinado dentro de casa na zona rural de Antônio Carlos

Crime aconteceu na madrugada de quinta-feira e polícia constatou se tratar de latrocínio

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

Um homem foi assassinado na madrugada de ontem, quinta-feira (19), no povoado de Parada Araújo, localidade de Barro Branco, zona rural da cidade de Antônio Carlos, distante cerca de 17 quilômetros de Barbacena. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime foi um latrocínio – que é o roubo seguido de morte – e a vítima, identificada apenas como Osvaldo, tinha 54 anos.

Os militares chegaram ao local e encontraram o homem já sem vida, caído na cozinha de sua casa, com ferimentos causados por disparo de arma de fogo. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e a médica constatou o óbito.

A esposa da vítima disse para a polícia que o marido havia aberto um barzinho na localidade há cerca de duas semanas e que ele não tinha desavenças com ninguém. A mulher de Osvaldo relatou ainda que por volta das 2 horas da madrugada ouviu um barulho de gente tentando abrir a porta da cozinha de sua residência, e que neste momento o marido foi até lá para ver quem era e foi surpreendido por um homem armado, que atirou nele e fugiu em uma motocicleta que estava estacionada na beira da estrada.

Uma equipe da Polícia Civil (PC) foi chamada para realizar uma perícia e durante os trabalhos os agentes constataram que a máquina de som do bar havia sido arrombada e foram levadas todas as moedas do compartimento, o que fez a polícia constatar que foi um crime de latrocínio. Os peritos perceberam ainda que na carroceria da caminhonete da vítima, que estava estacionada ao lado do bar, foram colocados produtos alimentícios e outros itens, mas o autor do crime não conseguiu ligar o veículo e, portanto, não levou nada.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Rafael Gallo, as equipes de investigação da Polícia Civil saíram em diligências nas cidades de Antônio Carlos e Barbacena na busca de identificar os autores e a arma utilizada no crime. O policial disse que ao final do dia de ontem, após inúmeras informações colhidas foi possível chegar a um dos autores, que foi localizado em Barbacena e conduzido para a delegacia.

Na delegacia, ainda segundo o delegado, o acusado apresentou uma versão e com base nesta versão foram colhidas algumas informações que condiziam com testemunhas e outras foram omitidas. Após o depoimento e através de outras testemunhas, foi possível perceber contradições durante o depoimento do acusado, o que fez com que a polícia chegasse ao segundo autor do crime. Rafael Gallo afirmou que esse segundo autor já tem diversas passagens pela polícia e deixou o sistema prisional recentemente.

Os dois acusados – um jovem de 22 anos e um homem de 34 – que não tiveram seus nomes divulgados, estão presos e responderão pelo crime de latrocínio. A arma utilizada para matar Osvaldo, um revólver calibre 32, e a motocicleta usada para a fuga dos criminosos foram localizadas e apreendidas pela polícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.