Jovem de 22 anos é assassinado a tiros em Santos Dumont

Crime ocorreu nesta segunda-feira e o motivo pode ter sido dívida de droga

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

Um jovem foi assassinado nesta segunda-feira (09) em Santos Dumont, cidade que fica a cerca de 45 quilômetros de Barbacena. Tiago Menezes, de 22 anos (no detalhe da foto), foi morto a tiros no bairro da Glória, após se encontrar com um homem para quitar uma suposta dívida de droga.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a companheira da vítima relatou que Tiago havia saído de casa com R$ 5.500,00 para se encontrar com um homem em frente à residência e pagar uma dívida de droga, e que cerca de 20 minutos após ela escutou dois tiros. A mulher contou ainda que saiu do imóvel e viu o corpo do companheiro caído no chão, com sangramento na cabeça, e voltou para a casa às pressas para chamar a PM.

As viaturas chegaram ao local e acionaram uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O médico responsável pela unidade confirmou que Tiago já estava morto.

Os policiais saíram à procura do suspeito, um homem de 32 anos que não teve o nome revelado. Durante as buscas, a equipe encontrou um veículo Voyage, que normalmente é visto com o suspeito, estacionado na Avenida 15 de Fevereiro. Após uns minutos, segundo a PM, outro carro do mesmo modelo, também utilizado frequentemente pelo suspeito, surgiu vindo do bairro Quarto Depósito no sentido centro. O veículo estava sendo conduzido por uma mulher, que foi abordada quando passou pelos militares. Dentro do carro, no banco de trás, estava o suspeito.

Questionado pelos PMs, o homem negou a autoria do homicídio, mas confirmou que havia se encontrado com Tiago para receber a quantia de R$ 5.500,00. Ele relatou que após pegar o dinheiro entrou no carro e quando estava saindo do local ouviu dois disparos de arma de fogo, mas não viu o que havia ocorrido. O suspeito afirmou ainda que foi para a casa da esposa deixar o dinheiro e logo depois saiu com destino à residência da amante.

De acordo com os policiais, a esposa negou que o marido esteve em sua casa. Já a amante, que é quem estava dirigindo o carro onde o suspeito foi encontrado, deu várias versões contraditórias.

Ao ser questionado novamente, o homem se negou a dizer onde colocou o dinheiro que recebeu da vítima e que só falaria em juízo. Diante das divergências nos relatos do casal, os dois receberam voz de prisão e foram encaminhados para a delegacia.

A Polícia Civil (PC) compareceu no local do crime para realizar uma perícia. Após os trabalhos, o corpo do jovem foi liberado e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Barbacena.

Tiago Menezes, de 22 anos, foi assassinado a tiros em frente de casa (Foto: Reprodução/Rede Social)
Total Page Visits: 271 - Today Page Visits: 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *