Câmara Municipal instaura CPI para investigar fraude na Saúde em Barbacena, após ações da PF

Presidente do Legislativo nomeia vereadores que irão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar as supostas irregularidades

Após as ações da Polícia Federal (PF) em Barbacena na semana passada, quando foi deflagrada a operação “Desvia”, que investiga possível fraude em licitação na Secretaria Municipal de Saúde entre os anos de 2015 e 2017, e também irregularidades em obras públicas entre 2013 e 2016, o Poder Legislativo instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o primeiro caso – que se refere à saúde – e pode instaurar uma nova em breve para apurar as outras supostas irregularidades.

O presidente da Câmara, vereador Amarílio Augusto de Andrade (PSC), nomeou durante a sessão desta quinta-feira (30), os vereadores que irão compor a CPI da Saúde em Barbacena. São eles: Milton Roman (PHS), presidente; Edson Rezende (PT), vice-presidente; Nilton César (PSB), secretário e José Newton de Faria (PODEMOS), relator. Eles terão um prazo de 120 dias para concluir os trabalhos, que podem ser prorrogados por dois meses.

Outra CPI

A Câmara Municipal de Barbacena analisa um pedido de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito. Esta segunda CPI é para apurar fraudes em licitação, corrupção e desvio de recursos federais que deveriam ser aplicados em obras públicas entre os anos de 2013 e 2016.

Durante a segunda fase da operação “Desvia”, também na semana passada, a Polícia Federal veio a Barbacena para investigar supostas irregularidades em um convênio firmado entre a Prefeitura e o Ministério das Cidades para ampliação do esgoto sanitário, além de desvio de dinheiro público na construção de academias ao ar livre e de quadras poliesportivas em escolas municipais.

Todas estas obras foram iniciadas durante o governo do ex-prefeito Toninho Andrada e, segundo a PF, estão inacabadas ou paralisadas.

Total Page Visits: 1480 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *