ELEIÇÕES 2018 – Lafayette e Doorgal Andrada foram os únicos eleitos em Barbacena

Fabrício Magri foi o candidato a deputado estadual mais votado na cidade, mas não conseguiu a vaga na Assembleia Legislativa

Mais uma vez a família Andrada conseguiu eleger representantes na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Os candidatos Lafayette Andrada (PRB) e Doorgal Andrada (PATRI) foram os únicos de Barbacena que conseguiram sucesso nas eleições deste ano, para deputado federal e estadual, respectivamente. Lafayette ocupa atualmente o cargo de deputado estadual e a partir do ano que vem vai para a Câmara dos Deputados no lugar do pai, o deputado federal Bonifácio Andrada, que se aposenta após cumprir seu mandato que termina no dia 31 de dezembro próximo. A decepção, no entanto, ficou com o ex-prefeito de Barbacena, Toninho Andrada (DEM), irmão de Lafayette, que tentou uma vaga na Assembleia Legislativa e não foi eleito.

Entre os candidatos de Barbacena, a novidade foi o jovem Fabrício Magri (PROS), que apesar de não ter sido eleito foi o mais votado na cidade para deputado estadual. Ele recebeu um total de 6.345 votos dos barbacenenses e superou o também jovem Doorgal Andrada, que conseguiu se eleger mas ficou em segundo lugar em Barbacena, com 5.215 votos. No total, Fabrício obteve 11.355 votos e Doorgal Andrada 57.942. Já Toninho Andrada, que muitos davam como eleito, obteve um total de 38.282 votos e em Barbacena conseguiu apenas 2.346.

Os outros candidatos que disputaram as eleições por Barbacena não tiveram votação expressiva. No entanto, alguns que não são da cidade foram muito bem votados, como é o caso de Reginaldo Lopes (PT), que foi reeleito deputado federal com 194.332 votos, sendo que em Barbacena ele ficou em primeiro lugar, com 4.374, superando Lafayette Andrada, que obteve 3.845 votos no município.

Votação para presidente, governador e senador em Barbacena

Como ocorreu em quase todo o país, Jair Bolsonaro (PSL) foi o mais votado em Barbacena na disputa presidencial. Ele recebeu 32.133 votos contra 21.980 do petista Fernando Haddad, que ficou em segundo lugar. No total, o candidato do PSL obteve 49.276.990 votos e Haddad ficou com 31.342.005. Os dois vão disputar o segundo turno no dia 28 de outubro.

Para o cargo e governador, a maioria dos barbacenenses também seguiu o que foi observado em quase todo o estado, e confiou seus votos no novato Romeu Zema, do Partido Novo. Ele recebeu 22.910 votos na cidade e o candidato do PSDB, Antônio Anastásia ficou em segundo com 16.148. No total, Zema obteve 4.138.967 votos e Anastásia 2.814.704. Os dois também vão disputar o segundo turno no último domingo de outubro.

Já para senador, os mais votados em Barbacena foram Diniz Pinheiro (Solidariedade), com 18.931 votos; Dilma Roussef (PT), com 18.645 votos; Rodrigo Pacheco (DEM), com 18.519 votos; Carlos Viana (PHS), com 11.689 votos e Miguel Correia (PT), que obteve 10.252 votos. Rodrigo Pacheco e Carlos Viana foram os dois senadores eleitos por Minas Gerais. Pacheco conseguiu 3.616.864 votos dos mineiros e Viana 3.568.658.

O deputado estadual Lafayette Andrada vai para a Câmara Federal a partir do ano que vem (Foto: Arquivo/CB)
O jovem Doorgal Andrada vai ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa (Foto: Arquivo/CB)
Fabrício Magri foi o candidato a deputado estadual mais votado em Barbacena, mas não conseguiu se eleger (Foto: Reprodução)
O deputado federal reeleito Reginaldo Lopes, do PT, foi o mais votado em Barbacena (Foto: Agência Brasil)
Total Page Visits: 1318 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *