MST deixa assentamento na zona rural de Antônio Carlos, após determinação da Justiça

Mais de 100 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ocupavam um acampamento na cidade desde janeiro deste ano

Cerca de 100 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) tiveram que deixar o acampamento Gabriel Pimenta, na zona rural da cidade de Antônio Carlos, a 18 quilômetros de Barbacena, nesta terça-feira, 11, após determinação da Justiça. A área estava ocupada pelo MST desde o início ano, quando os integrantes do movimento chegaram à cidade, vindo de Coronel Pacheco.

A reintegração de posse foi reivindicada pela Prefeitura de Antônio Carlos e acatada pela Justiça. A área pertence ao estado e teria sido cedida para aquele município, segundo informações, para construção de um parque de exposição. O MST reivindicou, na Justiça, a possibilidade das famílias ficaram até janeiro de 2019, mas a decisão não foi acatada.

Os integrantes do MST chegaram a Antônio Carlos no dia 13 de janeiro de 2018, após deixarem um acampamento na cidade de Coronel Pacheco, na Zona da Mata Mineira, por uma determinação judicial. Primeiramente eles se instalaram na Fazenda da Serra, que pertencia a Companhia Têxtil Ferreira Guimarães, que teve suas atividades encerradas em 2013, onde também tiveram que sair. Depois eles migraram para o acampamento Gabriel Pimenta e ficaram até ontem, dia 11.

A reintegração de posse contou com o apoio da Polícia Militar (PM), que chegou ao local com um mandado judicial. De acordo com o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente coronel Ângelo Pádua, a operação ocorreu de maneira pacífica e não houve resistência dos assentados, que já estavam se preparando para deixar o acampamento desde segunda-feira, 10, quando receberam a notificação.

Os integrantes do MST chegaram a Antônio Carlos em janeiro deste ano (Foto: Arquivo/CB)
Total Page Visits: 1326 - Today Page Visits: 2

Um comentário em “MST deixa assentamento na zona rural de Antônio Carlos, após determinação da Justiça

  • 30/07/2019 - 09:12 em 09:12
    Permalink

    Poxa que site top. Muita informação de qualidade. Foi dificil achar algo de valor na internet. Abraço e sucesso

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *