BR-265 – Acidente próximo a Barroso mata quatro pessoas que viajavam no mesmo veículo

Peugeot invade a contramão, motorista de carreta tenta desviar e tomba na pista; carga cai sobre o carro de passeio e esmaga os ocupantes

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

Quatro pessoas morreram em um grave acidente ocorrido no início da noite de ontem, sexta-feira (15), na BR-265, próximo à cidade de Barroso. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a colisão ocorreu por volta das 19h15 no Km 234 da rodovia, entre os municípios de Barroso e São João Del Rei, a cerca de 34 quilômetros de Barbacena.

O acidente envolveu uma carreta que transportava, no reboque, cimento a granel (foto), conduzida por um homem de 58 anos que não teve o nome divulgado, procedente de Carrancas-MG, e um veículo Peugeot com placas de Juiz de Fora, guiado por Hugo Provezano, de 26 anos.

O motorista da carreta informou aos bombeiros que havia abastecido na fábrica de cimento, em Barroso, e seguia em direção a São João Del Rei, quando ao efetuar uma curva deparou com o Peugeot, em direção contrária, invadindo a contramão. O condutor da carreta disse ainda que tentou desviar para evitar o acidente, mas não conseguiu e acabou tombando na pista durante a manobra. Parte de reboque com a carga de cimento caiu sobre o veículo de passeio, esmagando o carro e as quatro pessoas que estavam em seu interior, que ficaram presas às ferragens.

Além do condutor do Peugeot, Hugo Provezano, perderam a vida também Ruzza Valério, de 33 anos; Georgeles Rios, de 28 e Igor Passarelli, de 27 anos. Todas as vítimas eram procedentes de São João Del Rei.

A Polícia Civil (PC) foi até o local para realizar uma perícia e saber as causas reais do acidente. Esteve presente também uma equipe da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) para ajudar nos trabalhos de limpeza da pista, uma vez que havia óleo e combustível derramados. O tráfico chegou a ficar interrompido nos dois sentidos da BR, até que a limpeza fosse concluída.

Após os trabalhos periciais, os corpos das quatro vítimas foram removidos das ferragens e encaminhados por uma funerária para o Instituto Médico Legal (IML) de São João Del Rei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *