Minas Gerais terá Corpo de Bombeiros em mais dez cidades do interior

Mais de 400 mil pessoas serão beneficiadas diretamente pelo atendimento

O Governo do Estado anunciou que vai ampliar a cobertura do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e descentralizar o seu atendimento. De acordo com o que foi divulgado do site oficial do governo mineiro – Agência Minas – serão instalados dez postos avançados, com estruturas mais compactas que demandam menos investimentos para sua implantação.

Atualmente a corporação está presente em 63 municípios mineiros, por meio de companhias e batalhões, nos 17 territórios de desenvolvimento. Para essa expansão, em parceria com as prefeituras, O CBMMG propôs uma estrutura mínima operacional denominada Posto Avançado de Bombeiros Militar (PABM), inovando no conceito de atuação para atender de forma mais eficaz às demandas de sinistros e desastres.

Municípios que estão aptos a receber os bombeiros

As novas unidades disponibilizadas pelos municípios são frações que demandam prédios mais simples, adaptados à realidade de cada lugar. Por isso, não há um padrão de imóvel exigido. Há flexibilidade nesse ponto e o Corpo de Bombeiros avalia se atende às necessidades com segurança e, ao mesmo tempo, obedece ao regulamento interno da instituição.
Esse novo modelo foi concebido a partir de um detalhado estudo de viabilidade para atender inicialmente dez municípios, começando por Congonhas (Território Vertentes), cidade cortada pela BR-040, a 70 quilômetros da capital Belo Horizonte. Os demais contemplados nessa etapa são: Mariana, Santo Antônio do Monte, Além Paraíba, Tiradentes, São João Evangelista, Santos Dumont, Almenara, Andradas e Boa Esperança. Ao todo serão beneficiadas diretamente pelo atendimento 410 mil pessoas nos dez municípios.
(Fonte: Agência Minas)

Os Postos Avançados de Bombeiros Militar vão atender de forma mais eficaz às demandas de sinistros e desastres nos municípios onde serão implantados (Foto: Agência Minas)
Total Page Visits: 1349 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *