Com seis casos confirmados e quase 400 suspeitos, Barbacena passa a ter transmissão comunitária de Covid-19

Sexto caso foi confirmado nesta segunda-feira e paciente não tem histórico de viagens recentes

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesap) confirmou o sexto caso do novo Coronavírus (Covid-19) em Barbacena, durante uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (27). A Sesap anunciou também que, com esta nova confirmação, o município passou a ter transmissão comunitária, uma vez que a paciente, uma senhora de 65 anos, não tem histórico de viagens recentes, o que significa que ela se infectou na cidade. De acordo com a secretaria, a mulher é portadora de hipertensão, iniciou os sintomas no dia 22 de abril e está em isolamento domiciliar.

Dos seis pacientes que testaram positivo para Covid-19 em Barbacena, três já receberam alta e estão em casa. Já os casos suspeitos subiram para 372 no último boletim, anunciado ontem, segunda-feira, com 13 pessoas internadas. Existem ainda dois óbitos em investigação no município. Os casos descartados somam 114 e ainda não foi confirmada nenhuma morte pela doença na cidade.

A Sesap informou que as ações de enfrentamento ao novo Coronavírus continuam em Barbacena e as medidas adotadas na prevenção da doença estão de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e com os protocolos do Ministério da Saúde (MS) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Reabertura do comércio

Na manhã do último sábado (25) o prefeito Luís Álvaro se reuniu com vereadores e com representantes do comércio local. Durante o encontro ficou acertado que o município de Barbacena irá aderir ao protocolo “Minas Consciente”, estabelecido pelo governo do estado de Minas Gerais. O comerciante barbacenense deverá acompanhar as notícias e diretrizes indicadas pelo protocolo, que prevê a retomada da economia mineira em um prazo de duas a três semanas.

O programa setoriza as atividades econômicas em quatro “ondas” estabelecidas pela Secretaria de Saúde (onda 0 – serviços essenciais; onda 1 – baixo risco; onda 2 – médio risco; onda 3 – alto risco), a serem liberadas para funcionamento de forma progressiva, conforme indicadores de capacidade assistencial e de propagação da doença, avaliando o cenário de cada cidade e a taxa de evolução da Covid-19 na região.

Segundo a proposta do governo estadual, a retomada gradual do comércio ficará a cargo dos prefeitos de cada cidade. Em Barbacena, o presidente da Associação Comercial, Flávio Dani Franco, que esteve presente na reunião de sábado passado, disse que o prefeito Luís Álvaro está aguardando para esta semana algumas normatizações referentes à “onda 0” e à “onda 1” do programa “Minas Consciente”, para emitir um decreto que facilitará e ordenará a abertura do comércio local. Flávio Franco afirmou, em um vídeo publicado nas redes sociais, que o comércio em Barbacena poderá voltar a funcionar, gradativamente, a partir da próxima segunda-feira, dia 4 de maio.

A Secretaria e Saúde de Barbacena confirmou ontem, segunda-feira, o sexto caso de Covid-19 no município; os casos suspeitos somam 372 (Imagem: Reprodução)
Total Page Visits: 2230 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *