Confirmado caso da variante indiana do novo Coronavirus em Juiz de Fora

Paciente é do sexo masculino e é o primeiro a se contaminar com a nova cepa em Minas Gerais

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

Foi conformado na noite desta quinta-feira (27) o primeiro caso da variante indiana do novo Coronavirus em Minas Gerais. O paciente, que é do sexo masculino e não teve a idade divulgada, é da cidade de Juiz de Fora, a cerca de 90 quilômetros de Barbacena, e está em isolamento no Hospital Santa Casa daquele município.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o homem testou positivo para Covid-19 depois que voltou de uma viagem à Índia. A SES informou ainda que uma mulher que teve contato com ele está sendo monitorada.

O caso está sendo acompanhado desde o dia 19 de maio, quando o homem apresentou os primeiros sintomas. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ele chegou no Brasil por Guarulhos (SP) no final da noite do dia 18 de maio. De lá ele partiu para Juiz de Fora em um veículo fretado pela empresa que trabalha. No dia seguinte, 19 de maio, os sintomas apareceram e ele foi atendido na Santa Casa, onde ficou isolado.

O material biológico foi colhido e encaminhado para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, onde foi realizado o sequenciamento genético e identificada a variante indiana B.1.617 do novo Coronavirus. A Secretaria Estadual de Saúde informou que todas as medidas de vigilância estão sendo realizadas pelo município de Juiz de Fora, em conjunto com a SES/MG. A recomendação é que a população da cidade reforce as medidas de segurança para evitar a transmissão do vírus, como uso de máscara, distanciamento social, lavar sempre as mãos e os objetos de uso pessoal e comercializados, dentre outras ações.

Estudos indicam que a variante indiana B.1.617 é mais contagiosa. A linhagem já foi identificada em 53 países e, no momento, está sendo investigada para atestar se diminui a eficácia das vacinas existentes, bem como se está relacionada aos quadros mais graves de Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *