Hemodinâmica do Hospital Ibiapaba realiza procedimentos inéditos em Barbacena

Unidade hospitalar faz a primeira cirurgia de desobstrução de veia renal por cateter

Funcionando desde 2003, o setor de Hemodinâmica do Hospital Ibiapaba CEBAMS, de Barbacena (foto), já realizou mais de 25 mil procedimentos nas doenças cardíacas e agora começa a expandir sua atuação para a chamada “hemodinâmica extra-cardíaca”. Com recursos minimamente invasivos, ou seja, com cortes pequenos, a técnica utiliza um fino cateter, inserido na circulação, geralmente em uma artéria da perna ou pulso e que vai até a área obstruída que é alargada ou reparada por um dispositivo chamado stent.

No dia 8 de agosto a Hemodinâmica do Hospital Ibiapaba CEBAMS realizou seu primeiro procedimento cirúrgico. Trata-se de uma correção endovascular de aneurisma de aorta abdominal. A cirurgia foi liderada pelo cirurgião vascular Flávio Martins, que teve em sua equipe os cirurgiões Renato Gontijo, Ricardo Procópio, do Hospital das Clínicas da UFMG, e o médico Gabriel Martins. É a primeira vez que o procedimento é realizado no hospital e na cidade. O aneurisma é uma dilatação dos vasos sanguíneos. De acordo com o cirurgião Ricardo Procópio, quando os vasos se dilatam muito, eles podem se romper, levando a uma hemorragia grave e podendo causar a morte da pessoa.

Na última quarta-feira, 29, foi tratada uma paciente que apresentava o diagnóstico de “Síndrome do quebra-nozes”. Essa síndrome surge por uma compressão da veia renal esquerda, causando dores e desconforto ao urinar. Segundo o médico Carlos Eduardo Diniz Couto, hemodinamiscista do Hospital Semper, de Belo Horizonte, que realizou o procedimento junto com o Dr. Giancarlo Rabelo e Silva, este diagnóstico é raro e seu tratamento convencional implicaria em uma grande cirurgia aberta, com anestesia geral, longo pós-operatório, além de uma grande cicatriz ao final. “A cirurgia é feita com cateter. Além de eficiente e rápida, é feita com anestesia local e uma perfuração tão pequena que não precisa de pontos”, explica o especialista. Já Giancarlo Rabelo afirma que a estrutura de hemodinâmica extra-cardíaca que está disponível em Barbacena, no Hospital Ibiapaba, pode ser utilizada além das doenças das carótidas e aorta, na artéria intestinal, aneurismas, miomas uterinos, dentre outras.

(Fonte: Ibiapaba/CEBAMS)

A equipe responsável pela primeira cirurgia de desobstrução de veia renal por cateter no Hospital Ibiapaba CEBAMS: médicos Henrique Augusto, Carlos Eduardo Diniz Couto, Giancarlo Rabelo e Silva e Edson Elviro (Foto: Divulgação)
Total Page Visits: 2397 - Today Page Visits: 1

Um comentário em “Hemodinâmica do Hospital Ibiapaba realiza procedimentos inéditos em Barbacena

  • 30/08/2019 em 13:15
    Permalink

    Parabéns pra Equipe de médicos à diretoria do hospital pela inovação em procedimentos cirúrgicos com novas tecnologias e mãos de obras qualificadas de seu quarto de cirurgião.e todos os funcionários parabéns pra todos vocês e que tudo possa continuar fluindo com susseso para o bem de Barbacena e região.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *