Paciente internado no CTI da Santa Casa de Barbacena pode estar com febre amarela

Secretaria Municipal de Saúde confirma a suspeita da doença em um homem de 42 anos que mora na Colônia Rodrigo Silva

Foi identificado na manhã desta segunda-feira, 22, um paciente com suspeita de ter contraído febre amarela em Barbacena. Um homem de 42 anos que mora na Colônia Rodrigo Silva deu entrada no Hospital Regional na noite de domingo, 21, em estado grave. Ele foi transferido para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da Santa Casa na manhã de segunda-feira com suspeita da doença.

A Secretaria Municipal de Saúde Pública (SESAP) está acompanhando de perto o caso e lembra que a vacina contra a febre amarela está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Uma dose apenas é suficiente para imunizar a pessoa para a vida toda. A SESAP anunciou que o Município está em alerta e que a partir desta terça-feira, 23, serão intensificadas as medidas para combater a doença. A decisão veio após uma reunião realizada ontem, segunda-feira, com o grupo dirigente técnico da Secretaria, médicos e enfermeiros das UBSs, representantes dos hospitais e o gestor do SUS Fácil.

Com o caso do barbacenense suspeito de ter contraído a doença, já são cinco pessoas internadas em hospitais do município que podem estar com febre amarela – três delas em estado grave. As outras quatro são de cidades da região – três de Piranga e um de Senhora de Oliveira. Como Barbacena é referência na região Macro Centro-Sul, que abrange 51 municípios e mais de 700 mil pessoas, os pacientes com suspeita da febre em outras cidades são internadas em hospitais de Barbacena.

Na região da Colônia Rodrigo Silva, onde ocorreu o suposto caso em Barbacena, foram encontrados dois macacos mortos no início de dezembro de 2017. Segundo informações, os animais já estavam em decomposição e não teve como saber o motivo das mortes, mas alguns moradores temem a presença do vírus da febre amarela naquela região.

Na manhã de hoje, terça-feira, agentes de saúde da Prefeitura de Barbacena fizeram uma dedetização no local onde foram encontrados os macacos mortos. Os funcionários usaram materiais especiais de proteção para aplicar o conhecido “fumacê”, que consiste em lançar no ar, através de equipamentos adequados, fumaça com substância que mata o mosquito transmissor da doença.

 

Situação de emergência em MG

 

O governo de Minas Gerais decretou situação de emergência de saúde pública em três regionais do estado por seis meses por causa da febre amarela. A medida abrange as unidades regionais de saúde dos municípios de Belo Horizonte, Itabira e Ponte Nova, totalizando 94 cidades. O decreto assinado pelo governador Fernando Pimentel autoriza a adoção de medidas administrativas necessárias à contenção do surto, em especial a aquisição pública de insumos e materiais. Além disso, a medida assegura a contratação de serviços necessários ao atendimento da situação emergencial.

 

Casos no estado

 

Com o segundo período de monitoramento epidemiológico dos casos de febre amarela em Minas Gerais, de julho do ano passado até o início deste ano foram confirmados 22 casos da doença. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 15 destes casos evoluíram para óbito. Nesse período foram descartados 40 casos suspeitos, e há 46 casos em investigação em 24 municípios.

Atualmente, a cobertura vacinal acumulada de febre amarela em Minas Gerais está em torno de 82%. Segundo o informe epidemiológico divulgado na quarta-feira da semana passada, 17, estima-se que haja no estado pouco mais de 3 milhões de pessoas que ainda não foram vacinadas, especialmente na faixa etária de 15 a 59 anos, que também foi a mais acometida pela epidemia de febre amarela silvestre ocorrida em 2017.

O paciente com suspeita de febre amarela foi internado no CTI da Santa Casa de Barbacena em estado grave (Foto: Arquivo-Jornal de Sábado)
Na manhã desta terça-feira, agentes de saúde dedetizaram a região da Colônia Rodrigo Silva onde foram encontrados dois macacos mortos no início de dezembro (Foto: Divulgação)

 

Total Page Visits: 1780 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *