Santa Casa de Barbacena desativa UTI Neonatal por falta de médicos pediatras

Apesar de temporário, fechamento da unidade atinge a população de 51 municípios da macrorregião Centro-Sul de MG

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena anunciou nesta segunda-feira (01) a desativação temporária da sua Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal. De acordo com a entidade hospitalar, o motivo é a insuficiência de médicos pediatras na instituição.

O município de Barbacena é referência em pediatria para a macrorregião Centro-Sul de Minas Gerais e atende 51 cidades. O fechamento da unidade pode prejudicar uma população estimada em cerca de 750 mil habitantes.

A Santa Casa emitiu uma nota à imprensa justificando a desativação temporária do serviço de UTI Neonatal. Segundo o documento, as tentativas de tentar resolver a situação foram ineficazes, uma vez que o problema é reflexo do que vem ocorrendo em todo o país com a falta de profissionais médicos na área de pediatria.

Confira abaixo a íntegra da nota emitida pela Santa Casa de Barbacena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.