Bebê de um mês e meio morre de parada respiratória enquanto dormia

Criança foi levada às pressas em uma ambulância do Corpo de Bombeiros para o hospital, mas já chegou sem vida

Paulo Emílio Gonçalves/Portal CB

Um bebê de um mês de meio morreu nesta quarta-feira (15) após sofrer uma parada respiratória enquanto dormia na casa onde morava, no bairro Monsenhor Mário Quintão, em Barbacena.

O Corpo de Bombeiros foi acionado pela mãe, de 20 anos, por volta das 7 horas da manhã. A jovem disse para os militares que sua filha de um mês e meio não estava respirando. Quando os bombeiros chegaram encontraram a mãe com o bebê no colo na porta de casa. Segundo eles, a criança já apresentava coloração escura e estava com o corpo fio.

A jovem mãe relatou que por volta das 2 horas da madrugada amamentou a criança e depois a colocou ao lado de sua cama para dormir. No início da manhã, ao acordar, percebeu que a filha não respirava e não apresentava sinais vitais.

Os bombeiros colocaram a recém-nascida na ambulância e iniciaram os trabalhos de ressuscitação, efetuando massagens cardíacas. Uma equipe da Santa Casa de Misericórdia, hospital que é referência pediátrica para esses casos em Barbacena e região, foi acionada e ficou de prontidão para receber o bebê.

Durante o percurso, os bombeiros tentaram desobstruir as vias aéreas da criança, mas não conseguiram. A pequena menininha deu entrada na Santa Casa já sem vida. A equipe médica iniciou um trabalho de forma intensiva na tentativa de ressuscitá-la, mas não obteve êxito.

Ainda não se sabe o motivo que levou a criança a sofrer a parada respiratória, mas, segundo os bombeiros que fizeram o atendimento, ela pode ter se engasgado enquanto dormia.

A recém-nascida foi trazida em uma ambulância para a Santa Casa de Barbacena, que é referência em pediatria na cidade e região, mas já chegou no hospital sem vida (Foto: Reprodução/Arquivo/CB)
Total Page Visits: 1488 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *